Comprar agora

Kopke Colheita Porto Tawny 1940

  • VinhaA vinha é disposta ao longo das encostas em patamares horizontais e mais recentemente aparecem as vinhas plantadas segundo as linhas de maior declive do terreno, designadas “Vinha ao Alto”.

  • SoloXisto grauváquico ante-ordovício com algumas inclusões de uma formação geológica de natureza granítica envolvente.

  • AlturaAté aos 600 metros.

  • Variedades de Uva25% Touriga Nacional, 25% Tinta Roriz, 25% Touriga Franca, 25% Tinta Barroca

  • EnólogoCarlos Alves

Kopke Colheita Porto Tawny 1940

Detalhes Técnicos

  • Álcool 20.0%
  • pH 3.44
  • Acidez Total 7.12 g/dm3
  • Açucáres Redutores 173.00 g/dm3
Folha Técnica

Crafting  wine  experiences

Desde  1638

VINHOS DE EXCEÇÃO EM TEMPO DE GUERRA

Estamos em 1940, no Douro vinhateiro, na histórica Quinta de São Luiz. O ano fora difícil mas a qualidade do fruto adivinhava um futuro longo para os vinhos desta colheita. Com a passagem dos anos e de gerações, muitas foram as oportunidades e pressões para comercializar este néctar. O Mundo foi mudando e as sociedades evoluindo. Todavia, este vinho foi salvaguardado por 80 longos anos, numa cave que atravessou o tempo. Ser paciente é virtude dos fortes. Esta espera, aliada ao terroir, à visão e à mestria de envelhecimento de vinhos emcascaria, transformaram este vinho numa experiência única.

Distinções:

Colheita 1940 Tawny

97 pts Wine Advocate, Mark Squires

98 pts Decanter Magazine, Julie Sheppard

19 pts Purple Pages, Jancis Robinson

19 pts Revista de Vinhos, José João Santos

19 pts Revista Grandes Escolhas, João Paulo Martins

O vinho deve ser armazenado num local fresco e seco, ao abrigo da luz e de oscilações de temperatura devendo a garrafa permanecer em posição vertical. Enquanto produto
natural, o Vinho do Porto está sujeito a criar depósito com a idade. Uma vez aberta a garrafa, recomenda-se o seu consumo dentro de 2 a 6 meses.

  • VINIFICAÇÃO E ENVELHECIMENTO Saiba mais...
  • NOTAS DE PROVA A descrição do vinho
  • HARMONIZAÇÃO Como apreciá-lo
  • Colhidas à mão no seu ponto ótimo, as uvas são desengaçadas, esmagadas e vinificadas segundo um processo que assenta numa cuidada maceração com extração de cor, taninos e aromas das películas, complementado por permanentes remontagens durante a fermentação. Esta decorre em lagares até atingir o grau Baumé desejado. Nesta fase, procede-se à adição da aguardente vínica (benefício), dando origem a um vinho fortificado. Vinho de elevada qualidade, proveniente de uma só colheita. Estagiou em madeira durante 80 anos.

  • De tonalidade ligeiramente esverdeada, este vinho apresenta uma elegância e frescura irrepreensível onde abundam aromas complexos a frutos secos equilibrados com a expressão de madeira, nuances especiadas e notas de café. Na boca envolve por camadas e apresenta-se complexo terminando longo e texturado.

  • A Kopke recomenda que seja servido ligeiramente refrescado e sugere a harmonização com tornedó, cebola caramelizada com raspas de amendoim, pêra caramelizada acompanhada de gelado de queijo da Serra, alperces desidratados e sobremesas à base de caramelo, frutos secos e especiarias.

Prémios & Honras